segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Vinhetas Carnaval Globeleza 2011

Na noite de ontem, tivemos a exibição do Programa Especial com a apresentação das vinhetas de todas as Escolas de Samba do Grupo Especial de São Paulo, na Rede Globo.

Assim como aconteceu em 2010, este programa marca a data em que a emissora passa a exibi-las em meio a sua programação, além de representar o chamado "pontapé" inicial no Carnaval Globeleza.

Certo, mas o que venho publicar aqui, não diz respeito somente a essa iniciativa da "Vênus Platinada", mas sim, expressar o minha profunda decepção com a qualidade das vinhetas e com o péssimo audio apresentado nas mesmas.

O programa exibiu as Escolas já na ordem dos desfiles dos próximos dias 3 e 4 de Março. Portanto, tivemos Unidos do Peruche, Tom Maior, Acadêmicos do Tucuruvi, Rosas de Ouro, Mancha Verde, Vai-Vai e Pérola Negra, como as agremiações que desfilarão na sexta-feira. Pois bem, salvaram-se nas gravações, Rosas e Vai-Vai. Peruche não foi tão ruim, mas não me caiu bem alguns momentos da interpretação do samba. Agora, o que foi aquilo na apresentação da Mancha Verde? O bom intérprete Vaguinho conseguiu desafinar o samba inteiro!!! Não gosto nem de lembrar.

Já nas escolas de sábado o prejuizo "auditivo" foi um pouco menor. Mas nada que contribuísse para elevar o nível da obra em um todo. Nenê de Vila Matilde, Águia de Ouro, Mocidade Alegre, Unidos de Vila Mária, X-9 paulistana, Gaviões da Fiel e Império de Casa Verde, parecem ter percebido o problema na gravação das sete primeiras (a gravação foi feita exatamente na mesma ordem) e tentaram colocar a casa em ordem. A maioria até conseguiu, mas Águia de Ouro, Vila Mária e Gaviões da Fiel, acabaram por apresentar erros semelhantes em termos de afinação, andamento e tom. Destaco as brilhantes gravações de Nenê de Vila Matilde, com direito a um novo show do veterano Royce do Cavaco e da X-9 Paulistana, que contou com uma apresentação inspiradíssima da bateria de méstre Augusto e de uma condução como sempre excepcional de Zé Paulo Sierra.

O fato de ser uma gravação ao vivo, é no intuito de passar mais emoção e criar um clima especial de avenida, segundo a própria Rede Globo. Mas ao meu ver, é algo que já não deu certo em 2010 e que se mostra novamente equivocada para 2011. Não estou defendendo os "play-backs", mas é notório que estamos ainda em uma época onde os intérpretes das agremiações ainda buscam o melhor entrosamento com seu grupo de apoio e o time de cordas. Sendo assim, falhas são mais do que aceitáveis. Só que, essas falhas em Rede Nacional, podem soar mal ao ouvido dos leigos, gerando assim comentários maldosos e um clima de mau-estar entre as agremiações.

Uma boa sugestão para 2012, seria a gravação com o visual utilizado nos últimos dois anos, mas com as gravações dos respectivos CD's. Assim como fazem Liga e Super Liga em seus DVD's.

Aliás, as duas entidades produziram tanto em 2010, quanto em 2011 clipes infinitamente superiores aos da Rede Globo.

Cabe a produção do Carnaval Globeleza, a humildade para reconhecer as deficiências em seu trabalho tanto no pré-Carnaval, quanto na cobertura dos desfiles das Escolas de Samba no Anhembí, e procurar quem realmente entende e leva a sério a arte de fazer Carnaval.

É nessas horas que me da saudade da saudosa Manchete!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário